Visitas aos cemitérios no Dia de Finados: veja as orientações!

Visitas aos cemitérios no Dia de Finados: veja as orientações!

O Dia de Finados, celebrado na próxima segunda-feira, (2/11), é tradicionalmente o momento de visitas aos cemitérios para relembrar os parentes e amigos falecidos. Neste ano de pandemia, a tradição precisa ser acompanhada por medidas sanitárias para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais divulgou uma nota técnica com orientações que visam conter a disseminação da doença no Dia de Finados. Conheça a nota técnica clicando aqui.

As pessoas que estiverem realizando visitas aos túmulos, participando de celebrações e rituais relativos ao Dia de Finados, devem, durante a permanência nos espaços fechados ou abertos, fazer uso de máscaras, respeitar as medidas de distanciamento social, evitar aglomerações e seguir todas as precauções padrão para evitar a transmissão do SARS-CoV-2.

Além disso, é recomendado que, este ano, visitas e celebrações sejam breves, sem apertos de mão e outros tipos de contato físico. Se possível, deve se evitar visitas a túmulos de pessoas não conhecidas e excesso de objetos de decoração como fotos, crucifixo e arranjos de flores.

Grupo de risco

Para os integrantes dos grupos de risco, como crianças, idosos, grávidas e pessoas com imunossupressão ou doença crônica, o recomendado é não participar das celebrações e visitas neste feriado. Porém, caso decidam participar, a orientação é que escolham horário de menor de fluxo de pessoas, como início da manhã ou final da tarde.

Aqueles com sinais ou sintomas de síndromes gripais como febre, sintomas respiratórios, tosse, congestão nasal, dificuldade para respirar, falta de ar, dor de garganta, dores no corpo, dor de cabeça, perda do olfato e paladar, também devem evitar as visitas ou celebrações durante o Dia de Finados.

Orientações aos cemitérios

Como se trata de uma data de intensa movimentação nos cemitérios públicos e privados, esses locais devem seguir as medidas sanitárias previstas no Protocolo Sanitário do Plano Minas Consciente.

Portanto é necessário que os cemitérios tenham disponível dispensadores com álcool gel a 70%, na entrada do estabelecimento e ainda em pontos estratégicos, lavatório com dispensador de sabonete líquido e papel toalha, lixeira com tampa e pedal. Além disso, estes locais devem realizar a higienização dos pisos, áreas de circulação, sanitários, maçanetas, torneiras, corrimões, interruptores, e todas as superfícies metálicas constantemente com desinfetantes a base de cloro para piso e álcool a 70%.

Para evitar aglomerações, o recomendado é que todos os espaços de celebrações respeitem os limites de pessoas e controlem o fluxo de entrada. É permitido a permanência de 1 pessoa a cada 10 m² para ambientes fechados e 1 pessoa a cada 4 m² para ambientes abertos. As vagas nos estacionamentos devem ser limitadas à proporção de 50% de sua capacidade, com distanciamento entre elas.

Comércio

A nota técnica divulgada pela SES-MG também orienta sobre a comercialização de artigos como coroa e arranjos de flores, velas, fósforos. Como o comércio varejista de flores está na onda Amarela e, nessa semana, as macrorregiões de saúde estão na onda amarela ou verde, é permitida a comercialização destes produtos.

No caso de vendas ao ar livre, deve-se evitar aglomeração, solicitar o distanciamento de 2 metros entre as pessoas, manter disponível álcool gel 70% para uso próprio e para uso dos clientes, priorizar métodos eletrônicos de pagamento, mantendo higienização frequente das máquinas de pagamento, higienizar as mãos com álcool em gel a 70% após pegar em dinheiro, manusear máquinas de cartão de crédito.

Redação Conexão Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *