Mesmo sem transmitir coronavírus, cães e gatos têm sido abandonados.

Mesmo sem transmitir coronavírus, cães e gatos têm sido abandonados.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, somente no Brasil, existem mais de 30 milhões de animais deixados em situação de rua, sendo cerca de 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. Os dados acendem um alerta diante de uma nova realidade mundial, já que muitos cães e gatos têm sido abandonados, em diversos países, devido à pandemia do coronavírus.

É importante informar que cães e gatos não transmitem o Covid-19 para humanos, de acordo com informações da OMS que contrariam notícias falsas (fake news) em circulação.

Os tipos de coronavírus que acometem cães e gatos, além de não transmissíveis, nada têm a ver com o Covid-19. Segundo a Organização Mundial de Saúde Animal, não há evidências de que esses animais possam ser infectados ou transmitir o vírus.

Mas independentemente da situação, quem tem um animal em casa deve sempre manter a higiene pessoal e do pet. Humanos saudáveis também devem sempre se higienizar ao manusear e cuidar de animais.

cães e gatos

No caso de pessoas que testaram positivo para Covid-19, o ideal é que não tenham contato muito próximo com seus pets. Isso porque, ao usar as mãos para espirrar ou tossir, e, logo depois, tocar o cão ou gato, ela pode contaminar outra pessoa que tocar o mesmo cão ou gato.

Nestes casos, o tutor deve manter a rotina de lavar as mãos antes e depois de tocar nos animais, alimentos, suas fezes ou urina. Também é importante evitar beijar, lamber ou compartilhar alimentos com seus pets. Durante a quarentena, é importante não sair de casa, somente se for estritamente necessário.

Nesta época de pandemia, o ideal é suspender os passeios com os pets. Se não for possível, a orientação é evitar locais com aglomerações de pessoas, dando preferência a locais mais tranquilos.

Ao chegar com o cão em casa, lave bem as patas dele antes de entrar. Uma dica é deixar uma bacia com água, sabão e toalha limpa para fora de casa, ou próxima ao portão de saída.

Hábito

Manter a casa limpa, higienizada, ventilada e com iluminação natural e o quintal sempre limpo devem ser hábitos contínuos. Produtos de limpeza, como desinfetantes, além de álcool 70% – líquido ou em gel, detergentes ou água sanitária são essenciais no combate ao coronavírus e também outras doenças.

Abandono é crime federal

No Brasil, o abandono de animais é crime federal e, em Minas Gerais, há decreto regulamentado que pune os praticantes de maus-tratos contra os animais no estado. São classificados maus-tratos atos ou omissões que privem o animal de suas necessidades básicas, lesão ou agressão, abandono, exposição em locais desprovidos de segurança, limpeza e desinfecção, dentre várias outras situações.

Em Pouso Alegre, lei criada recentemente define sansões para quem maltratar animais como multa simples, multa por reincidência e até apreensão de instrumentos, apetrechos ou equipamentos de qualquer natureza utilizados na infração.

Disque-denúncia
Ao ver um animal sendo maltratado ou abandonado, denuncie ligando para o Disque-Denúncia: 181.

Redação Conexão Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *